A dupla teve um 2016 para esquecer e agora quer uma nova história na A3

São José dos Campos, SP, 27 (AFI) – São José FC e Monte Azul não querem sofrer como em 2016. Por isso, querem estrear com vitória no Campeonato Paulista da Série A3, em duelo marcado para este domingo, às 16 horas, no Estádio Martins Pereira, em São José dos Campos. O PLACAR FI acompanhará o duelo em tempo real.

O São José deve erguer as mãos ao céu a agradecer que, hoje, ainda figura na Terceira Divisão Estadual. Em 2016 por muito pouco não acabou rebaixado para a Segundona, a Quarta Divisão. Fez 23 pontos, mesma pontuação que o conterrâneo São José, primeiro time na zona da degola e que acabou amargando o descenso.
No Monte Azul o rebaixamento na Série A2 foi inevitável. Num ano atípico, em que seis clubes foram rebaixados, o time não se estruturou e ficou apenas em 16.º lugar. Esboçou certa reação durante a primeira fase, mas já era tarde. Em 2017 terá que reconquistar seu espaço no cenário paulista.

DÚVIDA NO SÃO JOSÉ
O São José FC. está praticamente definido pelo técnico Paulo Campos (foto abaixo) para a estreia. Praticamente, pois de última hora o lateral-direito Amauri sentiu dores na virilha e precisou ficar em tratamento. Foi baixa na última atividade e passará por nova avaliação antes de entrar em campo. Se vetado, Matheus será o seu substituto no setor. No restante o time será o mesmo que atuou com a Portuguesa em jogo-treino.
“Temos uma base montada para este início de competição, e é claro que as vezes temos que passar por obstáculos. Apesar disso, acredito que fizemos um bom trabalho e estamos preparados para este primeiro desafio. É de extrema importância larga com o pé direito”, disse o treinador ao Portal FI.

MONTE AZUL PRONTO
O Monte Azul, sob o comando do técnico Rafael Guanaes, está pronto para a estreia no Campeonato Paulista da Série A3. Durante os preparativos visando a Terceira Divisão do Estadual, o Azulão realizou cerca de quatro jogos amistosos.

Perdeu, 2 a 0, para o Rio Preto, jogando no CT-Bolão, em Mirassol, venceu o Sertãozinho, 1 a 0, derrota desta vez em casa no estádio Patricia Otácilio Arroyo, 1 a 0, para Barretos e, empate 1 a 1, contra o Novorizontino em Novo Horizonte, no CT do Tigre.

“Vamos mandar a campo uma equipe que durante 40 dias de muito trabalho demonstrou que tem tudo para fazer uma grande campanha. Temos algumas peças que deverão entrar no decorrer do campeonato. Um por motivo de contusão e, até mesmo por documentação. A nossa estreia é contra um time que deve explorar o fator campo. No entanto, estamos preparados e vamos em busca de um bom resultado”, disse Guanaes.