• AMA
  • ATLÉTICO MONTE AZUL
ùltimas
  1. Camisa oficial e autografada do Santos recebe lance de R$ 1,1 mil
  2. AMA leiloa em seu site camisa autografada do Santos
  3. Comunicado oficial sobre informações falsas da base
  4. Acompanhe os guerreiros do Azulão contra a Matonense pela internet
  5. Correção: Partida contra Catanduvense sofre alteração de local e horário

Portuguesa Santista


A Associação Atlética Portuguesa surgiu em 20 de novembro de 1917, por iniciativa de Lino do Carmo, em assembléia com outros 14 descendentes de portugueses da cidade de Santos. A ideia de criar uma fundação esportiva já existia há três anos, quando trabalhadores lusitanos da Pedreira do Contorno, no bairro do Jabaquara, admiravam o esporte.

Três anos após sua fundação, o clube participou e venceu seu primeiro campeonato de forma oficial: o da Segunda Divisão da Associação Santista de Esportes Athléticos (ASEA). Depois da conquista, mais oito da Primeira Divisão deste torneio vieram nos anos de 1923, 1924, 1926, 1927, 1931, 1932, 1933 e 1934.

 

Em 1950, a Briosa, como é popularmente conhecida, realizou a primeira

excursão ao exterior. O destino foi Portugal, onde conquistou cinco vitórias e sofreu duas derrotas. Nove anos depois, a Portuguesa Santista realizou outra viagem, desta vez para Angola e Moçambique, países da colônia lusitana. Lá conquistou a Fita Azul do futebol brasileiro, título dado ao time que obteve maior sucesso atuando fora do Brasil. Nas 15 partidas realizadas na África, foram 15 vitórias, com 75 gols marcados.

 

Depois de um longo período sem títulos, em 1964 a Portuguesa Santista conquistou o direito de disputar a Divisão Especial do futebol paulista ao ser campeã da Primeira Divisão, considerada a principal conquista da sua história até hoje. A decisão foi no dia 7 de março do ano seguinte, na vitória por 1 a 0 contra a Ponte Preta, gol marcado por Samarone.

 

A Portuguesa Santista permaneceu na elite do futebol paulista até 1978, quando voltou à divisão de acesso. O clube conseguiu retornar à primeira divisão apenas em 1996, quando foi vice-campeão da Série A2, perdendo o título para a Inter de Limeira, que tinha como técnico o ex-jogador Serginho Chulapa. Entretanto, dez anos depois, o clube foi novamente rebaixado para a Série A2 do campeonato estadual. Em 2009, depois de uma má campanha, o time acabou novamente descendo de divisão, desta vez indo para a Série A3, onde permanece.